Barra de direção é o item que mais apresenta falhas, aponta programa Caminhão 100%

Crianças devem sentar atrás de bancos desocupados no carro, diz organização nos EUA
março 22, 2016
Justiça do Rio decide que serviço do Uber não pode ser proibido.
abril 6, 2016

As avaliações gratuitas, realizadas por meio do Caminhão 100%, revelaram que 25% dos caminhões apresentaram algum tipo de comprometimento na barra de direção e terminais, seguidos pelo cubo de roda, com 22% e embreagem, 18%.

Das 1.174 avaliações gratuitas, realizadas em caminhões nas Rodovias Castello Branco, Dutra e no Ceagesp, em 2015, por meio do Programa Caminhão 100%, mais de 60% apresentaram algum tipo problema com a manutenção.

“O programa, que tem como objetivo conscientizar motoristas sobre a manutenção preventiva, como forma de melhorar a segurança no trânsito, e analisa itens da parte mecânica e de segurança dos caminhões, identificou que, entre o total avaliado, 25% apresentaram comprometimento da barra de direção ou dos terminais”, afirma Antônio Gaspar de Oliveira, responsável pelas avaliações gratuitas do Caminhão 100% e diretor do Sindirepa-SP.

Item de segurança nos caminhões, a barra de direção foi o componente que mais registrou irregularidades e precisa estar em boas condições para garantir a dirigibilidade, e, consequentemente, a segurança no trânsito. “Em caso de rompimento da barra de direção, há risco de ocorrer grave acidente”, comenta.

O segundo item que mais apresentou falha, com 22%, foi o cubo de roda, outro componente importante relacionado à segurança do caminhão, que em conjunto com as rodas suportam todo peso do caminhão.

Problemas na embreagem também foram constatados em 18% dos caminhões avaliados. Com relação ao nível de emissões de poluentes, 2,1% estavam acima do limite.

Desenvolvido pelo GMA, em parceria com a CCR, o programa Caminhão 100%, teve início, em 2010, na Rodovia Presidente Dutra, junto com o Projeto Estrada para a Saúde, e, em junho de 2013, foi ampliado para a Rodovia Castello Branco. Nas avaliações são checados, gratuitamente, componentes da parte mecânica, itens de segurança e de emissões dos caminhões, buscando, assim, promover mais segurança nas rodovias. No programa, os motoristas que participam das avaliações gratuitas recebem um relatório com o resultado dos itens checados, apontando o estado de cada componente.

 

Fonte: Portal das Estradas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *