Suspensão de CNH: DETRAN vai notificar motoristas de mais quatro cidades em março. Veja quais são

Brasileiros podem dirigir em 100 países apenas com a própria habilitação.
janeiro 10, 2017
Boato: lei que institui anuidade para portadores de CNH não é real.
janeiro 19, 2017

O Departamento de Trânsito em Santa Catarina (Detran-SC) definiu as próximas quatro cidades que serão englobadas pelo sistema automatizado para suspensão do direito de dirigir. A partir de março, além dos motoristas de Florianópolis com infrações ou acúmulo de pontos na carteira referentes a 2013 e 2014, irão receber as notificações condutores de Blumenau, Joinville, Balneário Camboriú e Itajaí.

A gerente de penalidades do Detran-SC, Graziela Maria Casas Blanco, explica que serão cerca de 57 mil motoristas notificados nestas cidades, mas que esse número pode variar. A gerente também não precisa as datas que serão enviadas as notificações, porque "depende do fluxograma".

Confira quantos motoristas devem ser notificados em março. As suspensões são referentes a infrações ou acúmulo de pontos entre 2013 e 2014:

Blumenau – 12 mil condutores

Balneário Camboriú – 11 mil condutores

Joinville – 9 mil condutores

Itajaí – 10 mil

Florianópolis – 15 mil

Pelo menos 541 mil motoristas catarinenses devem ter a carteira nacional de habilitação (CNH) suspensa neste ano porque atingiram 20 pontos ou mais em infrações em um período de 12 meses entre 2012 e 2016. O número representa 15% do total de 3,5 milhões de condutores do Estado e é justificado pela implantação de um pelo Detran-SC. O processo iniciou pela Capital, onde 11,7 mil condutores receberam nos últimos 30 dias notificações da suspensão do direito de dirigir referentes a infrações ou acúmulo de pontos entre 2012 e 2013. 

A partir de março a punição automatizada será estendida às regionais e a outros condutores de Florianópolis que cometeram infrações nos últimos cinco anos – prazo máximo para punir. O período de suspensão varia entre um mês e dois anos, dependendo do caso e de quando foi aplicada a multa. Além de ter a CNH suspensa, o motorista autuado precisa passar por um curso de reciclagem e ser aprovado em uma prova teórica. As taxas saem em torno de R$ 300.

Os condutores que queiram consultar as infrações mais antigas devem procurar o Detran ou Ciretran. No site do Detran só estão disponíveis as infrações do último ano.  Graziela salienta que o período de um ano para acúmulo de pontos conta a partir da data da primeira infração. Ou seja, se alguém levou uma multa em outubro de 2016 será contabilizada até outubro de 2017 a quantidade de pontos.

Entenda o caso

O Detran-SC contava com um sistema manual de análise dos casos que desde dezembro foi substituído por um processo automatizado, que foi implementado para cumprir uma das medidas apontadas por auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Em 2015, o TCE mostrou que o órgão puniu apenas 1,6% dos motoristas do Estado que ultrapassaram o limite de pontos entre 2010 e 2012.

 

Fonte: Diário Catarinense 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *