Uber perde 200 mil usuários após campanha de boicote.

Conheça os tipos de calçados ideais para dirigir.
janeiro 30, 2017
Prefeitura assina convênio com Waze para auxiliar na gestão do trânsito.
março 22, 2017

A Uber vem passando por uma semana difícil nos Estados Unidos. A empresa se tornou alvo de comentários negativos por causa de sua atitude no dia de um protesto anti-Trump.

Após o atual presidente americano assinar um decreto que suspende o programa de admissão de refugiados e veta a entrada de cidadãos de sete países de maioria muçulmana "com tendências de terrorismo", foi organizada uma grande manifestação no aeroporto internacional JFK, em Nova York, no dia 28 de janeiro.

Em apoio ao protesto, taxistas se recusaram a buscar pessoas no aeroporto, manifestando a sua decisão pelo Twitter. "Os motoristas têm solidariedade aos milhares protestando contra o inumano e inconstitucional banimento de muçulmanos", escreveram:

Clique aqui e veja reportagem completa

 

Fonte: Catraca Livre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *