Hipnose para perder o medo de dirigir: tudo o que você precisa saber.

Indicador de acidentes no transporte de produtos perigosos atinge um dos menores níveis da história.
novembro 7, 2018
STF decide pela constitucionalidade do crime de trânsito do artigo 305 do CTB.
novembro 16, 2018

Para ir ao trabalho, levar os filhos na escola, pegar um cineminha no final de semana, não importa a tarefa, dirigir é uma ação necessária e facilitadora para esse deslocamento.

A grande questão é que, nem sempre, essa necessidade é encarada com naturalidade. O que pode provocar transtornos de ansiedade e pânico em muita gente. Neste caso, um dos caminhos que se tem para superá-los é usar a hipnose para perder o medo de dirigir.

Você já pensou nessa possibilidade?

Se você titubeou em responder, ou ficou com o pé atrás imaginando-se em cenários de ficção científica, comendo cebolas ou com os pés presos ao chão, sugiro que você reveja os seus conceitos.

Sobretudo porque o uso terapêutico da hipnose nada tem a ver com esses truques ou shows de ilusionismo. E nesse artigo eu proponho você a fazer essa reflexão.

Nele vou esclarecer as dúvidas mais frequentes e os mitos que envolvem a técnica, para desmistificá-la e fazer você perceber o quanto ela pode ser libertadora.

Segure firme no volante que a nossa viagem vai começar!

Usando a hipnose para perder o medo de dirigir e superar traumas

A hipnose clínica, ou seja, aquela usada em consultórios por um terapeuta capacitado, tem apresentado resultados rápidos e muito satisfatórios para curar fobias, entre elas o medo de dirigir.

Acima de tudo, porque a técnica leva o paciente para um estado alterado de consciência, com o objetivo de chegar ao seu inconsciente. Isso, para que ele mesmo possa acessar todos os recursos internos que possui e assim possa gerar uma mudança em seu comportamento.

No entanto, apesar da técnica não ser uma novidade, muitos mitos e curiosidades ainda impedem que as pessoas busquem o seu tratamento. E é sobre elas que falaremos a seguir. Acompanhe!

Entenda como a técnica funciona e tire todas as suas dúvidas

#1 O transe não existe, mas sim um estado alterado de relaxamento

O que as pessoas chamam de transe, nada mais é que um estado de consciência alterado. Ou seja, de relaxamento induzido, amplo e aberto às mudanças internas.

#2 As pessoas não são induzidas a fazer o que não querem

Apesar do estado de relaxamento, o consentimento do paciente é essencial. Ele precisa querer que a mudança aconteça e se entregar verdadeiramente para isso. Só assim conseguirá revisitar problemas e encontrar os gatilhos das fobias apresentadas.

#3 A ideia de ficar preso em meio ao transe é um mito

Ninguém fica a mercê do hipnotista ou tem a alma sugada por ele. Os pacientes são mantidos conscientes, em um estado de elevada concentração. Isso, para que a mente possa se desligar de estímulos periféricos, mantendo o seu foco.

#4 A sensação de incômodo ou de dor em reviver um trauma não existe

O hipnólogo sugestiona o paciente e controla todas as suas reações a fim de levar o paciente a um estado de tranquilidade. Tudo para que ele possa buscar dentro de si as respostas que tanto procura. Por isso, é um estado bom e relaxante, onde a pessoa não se sente incomodada. Muito pelo contrário!

#6 O tratamento com hipnose não tem contraindicações

A hipnose para perder o medo de dirigir e tratar outras fobias não tem restrições. O paciente precisa estar apenas disposto a receber a técnica. Que é totalmente segura e livre de medicamentos.

E aí, ficou alguma dúvida?

Lembre-se que se precisar de ajuda ou quiser saber mais sobre como usar a hipnose para perder o medo de dirigir você pode contar comigo. Agende a sua consulta!

 

Por Psico Trânsito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *